Vestibular UVA2016




População Mundial Atinge a Marca de 7 Bilhões de Habitantes

Depois de registrar crescimento lento na maior parte do passado, o número de pessoas no planeta mais que dobrou nos últimos 50 anos.

Postado em 20/12/2011 | 0 Comentário(s) | 4117 Acessos

Diferentemente do que ocorreu em marcas anteriores (nos 5 e nos 6 bilhões) e do que estava previsto (foi citada uma criança indiana como símbolo), nenhum bebê deve ser escolhido pela ONU para representar a data. Os nascimentos de bebês em diferentes localidades simbolizam o marco histórico. Alguns países, porém, podem eleger seus próprios bebês-símbolo.Uma criança, Danica Maio Camacho, nascida nas Filipinas no último domingo (30), dois minutos antes da meia-noite, representou o habitante de número 7 bilhões.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que até a metade deste século o número vai triplicar. Para a ONU, é fundamental que os governos invistam mais em planejamento no que se refere a alimentos, à água, energia e maior produção de lixo e poluição.

Apesar de o ritmo de crescimento ter desacelerado nos últimos anos, a população ainda vai crescer muito nas próximas décadas - a expectativa é que o mundo chegue a 10 bilhões em 2083. Hoje, o mundo está na metade da sua capacidade de abrigar gente, de acordo com especialistas.

Desde começo dos anos 90, a ONU afirma que a marca de 14 bilhões seria o teto da estabilidade da população mundial. Esse limite, que em princípio pode parecer distante, pode ser alcançado em breve. Um artigo de David E. Bloom, professor de demografia e economia na universidade de Harvard, EUA, publicado na revista Science, calcula que o mundo deve ganhar de 2 bilhões a 4,5 bilhões de pessoas até 2050.

Bloom alerta que esse crescimento se daria em maior parte (97%) em países pobres, sendo que metade (48%) na África.

População chega aos 7 bilhões

Desacelera, mas ainda é rápido

O mundo passou de 6 bilhões de pessoas para 7 bilhões em 12 anos - de 1999 a 2011. Isso revela um ritmo de crescimento levemente menor do que o último bilhão. O mundo passou de 5 bilhões para 6 bilhões também em 12 anos - ou seja, o mesmo intervalo de tempo, porém no mais recente período havia mais gente.

Nos anos 70, a taxa de crescimento anual chegou a ser de 2,1%. Em 2011, segundo o Cia World Factbook (banco de dados da agência de inteligência norte-americana), a taxa é de 1,092%. Por meio de nota, a ONU disse que "com o atual ritmo de crescimento, cerca de 78 milhões de pessoas nascem a cada ano – o equivalente à soma das populações do Canadá, Austrália, Grécia e Portugal juntas".

Na perspectiva da história mundial, o ritmo segue aceleradíssimo. De acordo com a ONG PRB (sigla em inglês para Escritório de Referência Populacional), nos últimos 50 anos, o mundo passou de 3 bilhões de pessoas para 7 bilhões - mais que o dobro. O mundo só atingiu a marca de 1 bilhão de habitantes no ano de 1800, quando a revolução industrial iniciada na Inglaterra começava a se espalhar pelo mundo. Só cerca de 130 anos depois esse número dobraria.

População africana crescerá mais rápido

Parte desse crescimento populacional se deve ao aumento da expectativa de vida ao nascer. As pessoas passaram a viver em média 20 anos mais nos últimos 60 anos - a expectativa média de vida no mundo passou de 48 para 69 anos.

	Ritmo de cresciemnto da população mundial

Em compensação, a melhoria nos níveis educacionais e de assistência médica fizeram taxa de fecundidade ser reduzida quase à metade em meio século. De cinco crianças por mulher em 1960, o mundo passou a ter 2,5 em 2010. Mas isso não é o suficiente para frear o crescimento populacional. Segundo a ONU, se as tendências permanecerem, a humanidade chegará a 9 bilhões em 2050 e vai passar de 10 bilhões no final do século.

	Taxa de fecundidade no Brasil

	Cai taxa de fecundidade mundial

Fonte:


R7

www.r7.com


Deixe um comentário